segunda-feira, 3 de maio de 2010

Alexandre Garcia e a ilegalidade em Cuba

Pin It
Difícil enquadrar o comentário do comentarista Alexandre Garcia, hoje, no Bom Dia (sic) Brasil.

Segundo a notória figura, falando sobre Lan Houses - e demonstrando total ignorância, como lhe é típico -, a internet, seu uso, incentiva a prática de crimes, como a pedofilia, roubo de senhas e etc.

Exato, usar um computador é o mesmo que incentivar o crime. Não é de surpreender que, após uma reportagem sobre a tentativa de se facilitar o processo de legalização e disseminação das Lan Houses, a Globo use seu cão de guarda para atacar a idéia. Ataca porque a popularização do acesso e a transformação destas casas em centros de educação, ensino e disseminação de informações - mais do que apenas um ponto para conexão e jogos -, como propõe o Deputado Paulo Teixeira (PT-SP), iria propiciar à população o acesso à informações que a Rede Globo não propicia, na verdade, esconde.

A Globo não quer que o pobre tenha acesso livre, irrestrito e tenha acesso à informação. Isto iria implodir sua credibilidade (sic). Hoje, a franca maioria das Lah Houses são ilegais, principalmente graças às exigências risíveis de estados e prefeituras. Claro que, todos sabemos, muitas das exigências impostas por uma elite política temerosa do poder que a rede dá aos seus usuários que sabem usá-la.

Mas a coisa ainda piora. O mesmo piadista não poderia terminar de falar sem uma declaração ainda mais infeliz, segundo Alexandre Garcia, só há vantagem em Lan House ilegal em Cuba!

Sim, segundo o infeliz, só nesses lugares os Cubanos podem ter liberdade e acesso livre à rede!

Como uma figura destas pode falar o que bem entende na TV? Defender a ilegalidade no país dos outros pode? Dar declarações estapafúrdias e criminosas pode?




Alexandre Garcia é um criminoso.
------
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Beth Muniz disse...

OLá,
Belo post.
Este cara sempre esteve à serviço do poder instituido, desde a ditadura, passando por Collor e FHC.
Enfim, o certo para ele é que o Brasil continue dominado e dependente.
A autonomia dos povos para ele, é coisa impensável.
Um abraço.

O Kylocyclo disse...

Caro Raphael, Alexandre Garcia se acha o possuidor da verdade, e vê os telespectadores com o olhar de um retrógrado pai severo. Por isso ele vive fazendo terror psicológico, dizendo que a Internet é o mal, com exceção, é claro, dos portais das Organizações Globo, "paraíso da boa opinião", segundo seus jornalistas mais "prestigiados".

Meu xará tem grande frustração de não ter encarnado, em tempos bíblicos, na figura de Moisés. Alexandre Garcia adoraria ter escrito os Dez Mandamentos. Mas ele não era Moisés, Moisés não era ele. Resta o sr. Garcia se consolar com seus coleguinhas nos simpósios do Instituto Millenium e similares.

AF STURT disse...

Sem dúvida ele é um criminoso com essa declaração.
Alias é bem capaz das "lon hauses" de Cuba ter mais liberdade e qualidade do que as lon hauses dominadas pelo lixo eletronico e pela ditadura do capital espalhado pelos países liberais.
Mas não as ilegais e sim as do povo cubano já que as ilegais são iguais aos daqui,ou seja crime é crime em qual quer lugar.E ser cuplice de crinoso em qual quer lugar é cadeia seu criminoso.

Luis Henrique disse...

Alexandre Garcia, o Ibrahim Sued do século XXI!

Postar um comentário