sexta-feira, 18 de junho de 2010

Blogosfera Censurada e os Barões da Mídia: Liberdade de Empresa!

Pin It
A blogosfera brasileira foi sacudida no dia  17 de junho por uma flagrante tentativa de censura contra o blog "Os Amigos do Presidente Lula" por parte do Ministério Público Eleitoral que teria pedido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a retirada do ar do referido blog por ter noticiado um relatório público e por ter feito supostas ofensas ao candidato da oposição, José Serra.

Outro blog na mesma situação também é partidário da candidatura de Dilma Rouseff, sucessora de Lula. Trata-se do "Blog da Dilma", que é acusado de enaltecer a candidata e de pedir ajuda financeira para a campanha, ao que o blog responde e deixa claro em sua página inicial que não tem qualquer ligação com a candidata, apenas simpatia e declarado apoio.

O @cesaraovivo comenta:
A lei eleitoral brasileira é bizarra, por acreditar (como queriam seus redatores, os serviçais da ditadura 1964-1985) que é possível marcar início e fim da atividade político-eleitoral. A criação destas “datas de corte” da atividade política (não confundam com a atividade eleitoral!) não faz sentido numa democracia e faz menos sentido ainda na era da internet.
E está coberto de razão. Não temos a liberdade de nos manifestar? Declarar apoio é propaganda eleitoral ou simplesmente exercício de nossa liberdade de expressão? A justiça (sic) brasileira é aquela piada que conhecemos, Gilmar Mendes, Pelusos da vida... A nossa justiça (sic) acha até que é legal (em todos os sentidos) torturar no país! Como levar à sério?

Dilma foi multada (Lula, na verdade), por aparecer em propaganda de seu próprio partido em Minas. Serra apareceu nas campanhas do PPS e do DEM no Ceará e em nível nacional e não sofreu nada. Onde está a justiça? Uma pessoa não pode aparecer na propaganda de seu próprio partido porque isso seria campanha antecipada, mas outra pode na de outros partidos que sequer são o seu? Como funciona isso?

Mas, na verdade, a questão transcende estes detalhes. Estamos falando da ação de simpatizantes, de pessoas comuns, que acharam na internet, nos blogs, uma forma de se expressar e de expressar apoio. Quem a justiça (sic) eleitoral pensa que é para proibir a liberdade de expressão de alguém? Não pode haver debate político porque ainda não está na hora? Aliás, que hora? Só podemos debater nos períodos delimitados pela justiça (sic)?

Depois reclamam que brasileiro não discute política, não se interessa.. Pudera, se tentam debater, defender e demonstrar apoio são punidos! Quer dizer, apenas se forem anti-DemoTucanos!

O Anti-tucano acerta em cheio:
Quando se tem poder – econômico (caso dos empresários) ou econômico-midiático (caso dos barões da mídia) – em um curto espaço de tempo é possível criar ou desfazer, candidaturas e realidades. Num telefonema é possível fazer e acontecer.
Assim, proibir que pessoas comuns façam campanha para seus candidatos na internet, reservando-lhes apenas o curto espaço de tempo que a legislação permite, favorece o ‘mais forte’. Pois ‘os fracos’ precisam de tempo e, mesmo assim, para conseguir um poder de influência muito pequeno, horizontal.

Ele ainda continua corretamente citando a Veja e a mídia, seus milhões de exemplares vendidos, grande penetração... Contra nós, blogueiros que, salvem poucas exceções como o PHA ou o Azenha, nos contentamos com poucas centenas de acessos por dia - se muito! - para divulgar nossas opiniões. Considerando que também existem blogueiros de direita, a luta é dura por corações e mentes.

Mas ainda assim os barões tem medo! E o medo vem da falta de controle. São ricos, poderosos, acostumados a controlar, a comandar, a mandar em tudo e todos, não toleram ver nem um pingo de liberdade que não seja a liberdade deles, ou seja, a empresarial, a de manipular, a de mascarar.

Lá vão os barões usar seu poder contra os pequenos, contra os que abusam do direito que lhes foi outorgado pelo poder: O de serem apenas gado, de assistirem a novela da Globo e de se revoltarem apenas no sofá assistindo ao Jornal Nacional.

Me uno ao @emerluis:
Poste o apoio ao seu candidato no seu blog.
Não deixe que as mentes atrasadas, a falta de aproximação com a realidade da rede, e o vazio de compreensão das novas formas de comunicação o impeçam de defender seu candidato.
Desde já declaro quem apóio, a quem este blog apóia: Plínio de Arruda Sampaio para presidente do Brasil, por um programa Socialista e contra o DemoTucanato.

Deixo claro que me oponho aos DemoTucanos, ao PPS, ao Serra, à Marina, aos Neopentecostais, às máfias midiáticas, ao PIG.

Diferente do @emerluis meu blog não é wordpress, não está nos EUA, então que venha a justiça (sic) brasileira. Podem tentar censurar, mas nunca irão conseguir me calar. Nunca irão calar a blogosfera, não importa o quanto tentem.

------
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Cristiane S CArvalho disse...

Se isso estivesse acontecendo em Cuba, o mundo inteiro estaria "caindo de pau"...

TANIA disse...

Eu ja tinha iniciado a mina campanha no twitter:
#Cadeia pra cu-reau. Tem de me acompanhar um montao de brasileiros.
Teremos tambem de modificar estas "leis" que abrange a politica e as campanhas. E ridiculo dar um tempo de so 3 meses para uma campanha presidencial. Tambem e ridiculo querer proibir que o presidente da republica nao indique explicidamente sua candidata ou candidato favorito. E palhacada!

Postar um comentário